Write loud and clear about what hurts

About
Se conseguisse descrever-me em poucas palavras não tinha criado um blog. Desde 2009 a escrever sobre pedaços aleatórios de vida e histórias mirabolantes. Para questões, sugestões ou dúvidas existenciais, ana_bmd@sapo.pt




Template by Elle @ satellit-e.bs.com
Banners: reviviscent
Others: (1 | 2)


“Home is Where the ♥ is”
Dezembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Fevereiro 2014 Março 2014 Abril 2014 Maio 2014 Junho 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Setembro 2014 Outubro 2014 Novembro 2014 Dezembro 2014 Janeiro 2015 Fevereiro 2015 Março 2015 Abril 2015 Maio 2015 Junho 2015 Julho 2015 Agosto 2015 Setembro 2015 Outubro 2015 Novembro 2015 Dezembro 2015 Janeiro 2016 Fevereiro 2016 Março 2016 Abril 2016 Maio 2016 Junho 2016 Julho 2016 Agosto 2016 Setembro 2016 Outubro 2016 Novembro 2016 Dezembro 2016 Janeiro 2017 Fevereiro 2017 Março 2017 Abril 2017 Maio 2017 Junho 2017 Julho 2017

domingo, 27 de março de 2011 || 12:05 da tarde

Day 11 - Another Picture of you and your friends

Helena, Mariana, Anaa, Ika, Susana

Não é a nossa melhor foto, mas tinha que postar uma foto nossa porque, a seguir aos meus melhores amigos, elas são as pessoas que mais impacto têm em mim. E estão onde os meus melhores amigos não podem estar. E tornam-me mais pessoa, melhor pessoa. E porque foram a melhor coisa que o secundário me trouxe. E porque com elas posso ser eu. Um eu diferente do eu que sou com os meus melhores amigos.

Etiquetas:


Comentários.

Continuam a existir coisas que me transcedem. Mal o meu.
quinta-feira, 17 de março de 2011 || 7:24 da tarde

Etiquetas:


Comentários.

Pegando nas teorias dos outros...
quarta-feira, 16 de março de 2011 || 5:46 da tarde

Acho que este texto é uma das melhores opiniões sobre isto
Não porque não ache que temos que lutar, não porque ache que o meu futuro será bom, mas sim porque acho que há muita coisa que não é coerente.

Etiquetas:


Comentários.

Dia 10 das intimidades
domingo, 13 de março de 2011 || 6:53 da tarde

Day 10 - Songs you listen to when you are:
a) Happy -  Uma Menina, Pala Tute e My Compajera de Gogol Bordello, Teenage dream e last friday nigth de Katy Perry, todas as músicas do album Above the Noise dos Mcfly e one for the radio, smile, just my luck, five colours in her hair também dos Mcfly, Girls Just Wanna have fun, Let's Dance, Party in USA, can´t be tamed e Time of our lives de Miley Cyrus, tal como acontece com os Mcfly oiço quase todas as músicas mais mexidas dos Paramore, J Ho das PussyCat Dolls, Must Have Done Something Good, Be My Escape, College kids, The best thing, e mil outras dos Relient K, time of our lives, Extraordinary Girl dos Green Day, Only Girl in the World da Rihanna, Oxford Comma e Cousins dos Vampire Weekend, Dog Days are Over da florence and the machine, Saturday Night e Summer Jam dos Underdog Project e Summer Love de David Tavere.





b) Sad - qualquer música de Andrea Bocelli, nobody's home de avril lavigne, Coleccionista de canciones e mientes dos camila, a whole new world e I won't say I am in Love da Disney, ensemble dos coeur de pirate, ordinary people e fame do musical Fame, When worlds collide dos gogol bordello, wake me up when september ends dos green day, breaking free, start of something new, looking from the outside, gotta go my own way, you are the music in me, can I have this dance do músical High School Musical, London Skies e Please don't stop the music do jamie cullum, when you look me in the eyes dos Jonas Brothers, Thinking of you katy perry, I'll be your man, too close for comfort, all about you, home is where the heart is, the heart never lies e mais mil e uma músicas dos mcfly, love is forever - neutron star collision dos Muse, I miss you e these four walls again da Miley Cyrus, the only exception dos Paramore, speed of sound dos pearl jam, I Hate this part right here  das PCD, qualquer música dos Relient K, qualquer música da taylor swift, by your side dos Tokio Hotel e right here waiting for you do Richard Marx

Etiquetas:


Comentários.

Gogol Bordello
terça-feira, 8 de março de 2011 || 1:19 da tarde

   Apesar do que disse no post anterior não morri nem sei se quero repetir.  Ou então morri e quero repetir, não sei bem se não é nenhuma das hipóteses ou as duas. Cheguei lá às 14 horas e tinha 4 pessoas à minha frente. Passei a tarde calmamente até ao momento em que levei com PEDRAS DE GELO em cima e fiquei encharcada durante duas horas. Fumaram muito à minha volta, o meu melhor amigo cumpriu a promessa e embebedou-se e vi muitos punks e pseudo-metaleiros que me deixaram com arrepios. Fui a segunda/Terceira pessoa a entrar no recinto, fiquei na primeira fila mesmo à frente do ciganão vocalista e de lá ninguém me tirou durante todo o concerto. 

A primeira parte foi feita pelos che sudaka e deve ter sido a melhor primeira parte que eu já vi. Cantaram imenso, puseram o público a saltar imenso e no fim toquei em ambos os vocalistas e ainda me deram um cd grátis (que eu dei à rapariga atrás de mim. 

Quando os Gogol vieram foi a loucura, era só punkalhada e ciganada a fazer moche e a tentar chegar à frente que a certa altura eu e a Mariana acabamos na primeira fila com mais de 10 rapazes em cima de nós a suar que nem cavalos e completamente alterados. Gostei especialmente de ter uma dúzia de estrangeiros atrás de mim, metade deles não percebia português nem inglês e a outra metade estava demasiado alterada para perceber alguma coisa que nem espanhol.  Entre os mocados todos lá havia um ou outro que se safava, como o rapaz que estava ao meu lado que não era nem mocado nem maluco e foi a pessoa mais boa onda que já encontrei num concerto. Saltei que nem uma louca, agarrei a mão da Mariana, fingi que era cigana e foi tudo muito lindo. Sobrevivi aos mil encontrões que levei e até os seguranças já se riam para nós.

A certa altura vejo o meu melhor amigo a ser transportado pelo público e a ser mandado para o chão (entre o público e o palco) e um segurança a agarra-lo e a leva-lo para uma sala de controlo de mau comportamento e fiquei assutadissima mas uma hora mais tarde vim a saber que ele tinha regressado ao moche e tinha conseguido levar um soco e cair para o chão (muito reconfortante, como podem ver). A certa altura o ciganão (sim, eu chamo sempre ciganão ao Eugene) está a cantar uma balada e olha para mim e para a Mariana e sorri e pronto, a Mariana começa a chorar e eu começo a rir feita louca, deve ter sido o momento mais bonito do concerto. Esse e todos aqueles em que o violinista olhava para o rapaz que estava ao meu lado.

No final o vocalista desceu e cumprimentou toda a gente das primeiras filas, incluindo eu, e o concerto acabou em grande. Claro que fiquei a morrer, que nunca devo ter sido tão empurrada num concerto mas nunca fiquei com um lugar tão bom nem tinha conseguido tocar nos artistas. Deixo uma foto do meu mau aspecto na parte MAIS PARADA do concerto.

Etiquetas:


Comentários.

Se eu nunca mais postar já sabem o motivo
segunda-feira, 7 de março de 2011 || 11:54 da manhã

Hoje, a autora deste blog vai a um concerto de, imagine-se, punk cigano. A autora quer transmitir que está muito entusiamada e fucking assustada porque sabe que vai haver moche, sabe que metade dos punks que conhece vão lá estar e que todos eles vão "aviados" (leia-se com bebidas, cigarros e ganza) e prometem "partir aquilo tudo". Se este blog não tiver nenhum post até ao final do próximo Domingo podem fazer luto por eu ter morrido no meio de um moche, partido uma parna, um braço, a cabeça ou qualquer outra parte do corpo que seja possível partir. Se, pelo contrário, amanhã ou depois estiver aqui um post fresquinho certifica-se de vez que eu sou meia doida da cabeça e sobrevivi a um concerto de punk cigano, sendo que recomendo a experiência e pretendo repetir. Sim, isto aqui é assim: ou se morre ou se repete.



Optimus alive.

Etiquetas:


Comentários.

A Anaa mexe em códigos html parte 1
sábado, 5 de março de 2011 || 11:51 da manhã

Depois de ter perdido uma hora da minha vida a ver se entendia como utilizar html lá me decidi a fazer umas pequenas actualizações no blog. A parte do perfil tem um textinho diferente mas tão ou mais deprimente como o último. Também acrescentei as minhas "novas" redes sociais à listinha por isso quem quiser pode ir lá e seguir-me no tumblr, twitter, facebook, last fm ou formspring.
Também actualizei a zona dos afiliados. Tirei alguns blogs que já não seguia por diversas razões e acrescentei, no minimo, 20 blogs novos. Apesar disso ainda me falta acrescentar dois ou três (o being human e o conversas inacabadas, juro que não me esqueci meninas. O vosso blog fica para a próxima ronda porque já estava a ver html nas paredes e preciso de me manter sóbria e em bom estado para a tarde que vem aí) mas regra geral os blogs que acrescentei são muito bons e valem a pena ser consultados.

Só não consegui reparar o problema com o separador da música e concertos mas não podemos ser perfeitos, certo? Novas actualizações no blog brevemente. E se alguém encontrar um template (da blogskins de preferência) bonitinho sinta-se à vontade para me mostrar.

Etiquetas:


Comentários.

Orgulho de mãe - NOT
|| 12:53 da manhã

Hoje, uma pessoa (adulta e culta!) elogiou os posts deste blog! Assim que me viu disse que gostava muito do post sobre Portugal e as suas alianças parvas e afirmou ainda que era digno de ser publicado num jornal. Isto é comentário para deixar uma pesssoa orgulhosa durante três dias, ainda para mais vindo de uma pessoa que não nos conhece assim tão bem e que nós consideramos culto e decente. Pronto, era só isto. Boa noite :) 

Etiquetas:


Comentários.